28 de jan de 2011

Dr. House

 Dotado de um sarcasmo peculiar, o doutor House da série homônima, vem atraindo muitos espectadores.
O médico cuja equipe recebe os casos mais difíceis e estranhos, é solicitado quando praticamente não há mais esperança para o paciente.
Sua equipe sofre com sua soberba, seu humor ácido e muitas vezes negro mas reconhecem nele um gênio nada modesto.
Particularmente, vejo neste personagem a imagem do homem. Toda a genialidade do ser humano contrastada com soberba, falhas, falta de ética , cinismo. Sem falar no constante desafio ao poder da vida e morte, que devem sofrer principalmente os cirurgiões.
É uma série interessante que nos mostra o quanto o ser humano é falho e, ao mesmo tempo, gostaria de ser igual a Deus.


Nenhum comentário: